Revista Triplov (1)

Personagens em trânsito, espaços subjetivos e intertextos em A Cidade Ilhada, de Milton Hatoum – por Aíla Sampaio, REVISTA TRIPLOV, nova série, 2010, número 5

Críticas/Artigos  

Milton Hatoum estréia no gênero conto com A cidade ilhada, mantendo a mesma qualidade estética que consagrou seus três romances: Relato de um certo oriente (1989), Dois irmãos (2000), Cinzas do norte (2005) e a novela Órfãos do Eldorado (2007). A coletânea, lançada recentemente, traz 14 contos, 8 deles já publicados em revistas nacionais e internacionais, reescritos; outros 6 inéditos, mas quem lê não percebe a costura, não imagina peças esparsas, escritas em épocas distintas, tão forte é a marca do estilo de Hatoum, escritor consciente da técnica do conto e dating sites free do texto literário como trabalho de linguagem. Não há palavras a mais ou a menos em seu discurso. Não há hermetismo nem brechas nas entrelinhas. Com domínio da técnica da superposição, ele constrói histórias paralelas, desdobradas em frações de tempo diferentes, funde-as sem que o leitor perceba que só há um final. Seus personagens puxam o fio do passado e presentificam-no… vivem quase todos a recompor recortes de sua história, num constante retorno à terra natal e ao que foram outrora. Leia a íntegra do texto em:  http://novaserie.revista.triplov.com/numero5/aila_sampaio/index.html